Land Rover Defender está a chegar ao fim da linha

Por António Pereira em 22-11-2015 em Automóveis, Videos
1
2

A Jaguar Land Rover vai acabar com a produção do icónico Land Rover Defender no início de 2016.

O verdadeiro Todo-o-Terreno, amado da mesma forma pela família real britânica e pelos agricultores ingleses, manteve-se praticamente inalterado durante quase sete décadas de produção. O projeto original era tão simples que foi originalmente esboçado por Maurice Wilks, na areia da praia de Red Wharf Bay em Anglesey.

Chapas de alumínio, um pára-brisas praticamente sem inclinação, uma grade de tejadilho feita para prender baús ou carcaças de leões, um pneu suplente pendurado na porta da bagageira, são as grandes características desta viatura que ao longo da sua história já transportou soldados na Guerra da Coreia, voluntários da Cruz Vermelha em zonas de crise em todo o mundo e Lara Croft no filme Tomb Raider.

As suas superfícies metálicas não cumprem os padrões de segurança para peões. As emissões de dióxido de carbono são duas vezes o padrão da frota europeia e não têm ecrãs táteis, conectividade móvel ou airbags.

A Land Rover está a perder seu carro de bandeira porque a marca baseou-se demasiado tempo nos proprietários rurais, ignorando a ascensão dos aventureiros urbanos. Em contrapartida, o Jeep Wrangler, um descendente do veículo militar da Segunda Guerra Mundial, foi mantido atual com controle eletrónico de estabilidade e conectividade Bluetooth. Um relançamento bem sucedido do Defender poderia seguir o mesmo caminho da Mini. Desde o seu renascimento sob a BMW Group, o carro britânico excêntrico tornou-se uma marca global que inclui uma variante SUV.

Antes do Defender deixar de ser produzido, a Land Rover vai vender cerca de 20.000 este ano, segundo as estimativas da IHS. Em 68 anos de produção, terão saído mais de 2 milhões de carros da fábrica de Solihull.

Comentários

comentários

Acerca do Autor

António PereiraVer todas as publicações de António Pereira
Iniciou a sua carreira de perito avaliador / regulador de automóveis na MAPFRE, em 1994, desenvolvendo essa atividade em parceria com a industria seguradora, de forma rigorosa e exigente, até aos dias de hoje.

1 Comentário

  1. MuitaTerra 05-04-2016 Responder

    Felizmente tenho um e vou conservá-lo.

Deixar um comentário

Deixe uma Mensagem

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Receba as novidades por Email

Se encontrou algum conteúdo que lhe interessa, inscreva-se para receber um resumo mensal com todas as novidades.
Email
Nenhum dado será fornecido a terceiros